Se você quiser cooperar economicamente com este serviço à Igreja...

Ou Itau ag 8552 cc 06984-4 (...) Bradesco ag 093 cc 0172396-0 (...) cpf 696744368-68

terça-feira, 16 de junho de 2015

Missão



A missão da Igreja de Cristo não é transformar o mundo, a MISSÃO DA IGREJA DE CRISTO É, PELA PREGAÇÃO DO EVANGELHO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, PREPARAR O MUNDO PARA O JUÍZO FINAL!

Nesse propósito a Igreja anuncia o Cristo como Senhor, deixando absolutamente claro que só quem se submeter ao seu senhorio será salvo, isto é, declarado justificado no juízo que virá sobre vivos e mortos, pessoas e nações.

No que tange as pessoas, isso exige arrependimento quanto à vida em estado de pecado, e reconhecimento da necessidade de nascer de novo, que acontecem como fruto de ação do Espírito Santo, por meio da Palavra do Cristo, aos que têm ouvidos para ouvir. No que tange as nações, isso significa, por meio do Espírito Santo, reconhecimento do pecado estrutural e busca por justiça nos padrões de Mt 25.31-46.

A Igreja, composta por aqueles que voltaram do estado de rebelião para o estado de obediência, com o único objetivo de fazer a vontade do Pai Nosso que está nos ceús, vive, portanto, diariamente, sob o governo do Senhor.

Viver sob o governo do Senhor, sob o reinado de Deus, buscando-o em primeiro lugar, é viver, aqui, para cumprir a vontade do Pai Nosso, e buscar, na história, a Justiça promulgada pelo Reino do Ceús, que determina que todos desfrutem igualmente de tudo o que Deus, a Trindade, é e de tudo o que Deus doa, o que se cumprirá, plenamente, no Novo Céu e Nova Terra onde habita a justiça.

Por viver, na história, sob o governo de Deus, a Igreja sinaliza, em todos os seus movimentos, o que é e como se pratica a justiça do Reino, e, dessa forma, aprimora a sociedade, tornando-a mais equânime, pela busca da equidade em todos os relacionamentos humanos, o que mitiga o estado de sofrimento e promove a emancipação do ser humano pelo protagonismo social.

A Igreja cumpre a sua missão pelo Exemplo, que testifica sua submissão ao Pai Nosso, pela Proclamação, que anuncia Jesus de Nazaré como Ungido da Trindade, único nome, pelo qual, importa que sejamos salvos, e pelas Boas Obras, por meio do que manifesta e ministra a Justiça do Reino dos Céus.